...............................................................................................................................................

The aim of life is appreciation; there is no sense in not appreciating things; and there is no sense in having more of them if you have less appreciation of them.


..........................................................................................................Gilbert Keith Chesterton
....................................................................................................................................................

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

As irritações do Senhor José Sócrates

Questionado na Assembleia da República sobre a lei de avaliação dos professores, o Primeiro-Ministro declarou, com um ar muito irritado, que os seus adversários não queriam que o governo fizesse uma coisa que já devia existir há trinta anos.

Não, Sr. José Sócrates. O que já devia existir há trinta anos não era isto. O que já devia existir há trinta anos era uma avaliação que recompensasse os professores que ensinam bem e penalizasse os que ensinam mal. Não era esta geringonça que a sua Ministra da Educação inventou, este pesadelo burocrático que faz precisamente o contrário.

2 comentários:

Range-o-Dente disse...

A timoneira do Al-Mined anunciou ontem que vão ser posta em prática as medidas destinadas a criar "uma verdadeira escola inclusiva".

Além da dita medida ser, por si própria, uma aberração, ficou a saber-se que não resultaras as 6527 anteriores medidas destinadas ao mesmo fim.

Anónimo disse...

Para quem não sabe informo que escola inclusiva é um local onde as crianças são amontoados sem qualquer critério, sem atender às necessidades específicas de cada uma e onde todas obtêm aproveitamento mesmo sem aprender.