...............................................................................................................................................

The aim of life is appreciation; there is no sense in not appreciating things; and there is no sense in having more of them if you have less appreciation of them.


..........................................................................................................Gilbert Keith Chesterton
....................................................................................................................................................

domingo, 20 de janeiro de 2008

Acção cívica a favor do ensino

Todos queremos contribuir para que o ensino melhore em Portugal. Há uma maneira óbvia de o fazer, que é cada um dar o seu melhor; mas estando esta impossibilitada pela acção duma tutela que tudo faz para sabotar o trabalho dos professores, é preciso uma alternativa.

Depois de muito reflectir, lembrei-me da acção seguinte, que, por morigeradora e portadora de forte carga simbólica, teria sem dúvida uma forte influência na motivação de professores e alunos e consequentemente na eficácia do seu trabalho: distribuir por umas largas centenas de escolas rolos de papel higiénico que tivessem impresso em cada folha o retrato, ora de Maria de Lurdes Rodrigues, ora de Valter Lemos.

Alguém sabe onde é possível adquirir, ou mandar imprimir, papel higiénico com estas características? Se sabem, digam-no, a bem da Educação em Portugal. Tempos desesperados exigem medidas desesperadas.

3 comentários:

Range-o-Dente disse...

As medidas altamente subversivas servem para os casos bicudos. Esse é um deles e a ideia é boa.

Mas usar esse canhão para matar moscas dá cabo do canhão. Sindicalistas não faltarão dispostos a usar essa arma para tudo quanto seja coisa.

Aliás, suponho que se chegou onde se está exactamente por tudo ter, no passado, sido usado como arma de arremeço em função de uma única coisa: melhores salários. Tudo se vendeu por melhores salários.

Duvido que essa medida subversiva não venha a ser anulada logo que a senhora acene com uns pózitos. Nem que seja apenas por desistir de um medida apenas existente no mundo do boato.

Os sindicalistas da praxe, que concordam sistematicamente com todas as "medidas educativas" que não impliquem perca de rendimentos, apressar-se-ão a ...

Não nos esqueçamos da marretada que os professores deram na sua própria mona com a história da greve aos exames, há um par de anos.

Também essa era uma arma atómica.

.

L. Rodrigues disse...

http://www.printedtp.com/

não sei se fazem descontos para as quantidades necessárias...

CristinaGS disse...

Vim saudar o autor e partilhar a inquietação.