...............................................................................................................................................

The aim of life is appreciation; there is no sense in not appreciating things; and there is no sense in having more of them if you have less appreciation of them.


..........................................................................................................Gilbert Keith Chesterton
....................................................................................................................................................

terça-feira, 28 de junho de 2011

Não há plano B?

Há plano B, C, D, E... o alfabeto todo. Mas só o plano A convém a quem convém. Os manifestantes gregos sabem que assim é - e se o alfabeto latino não chegar, eles têm outro.

3 comentários:

JOSÉ LUIZ SARMENTO disse...

Peço desculpa, mas eliminei inadvertidamente um comentário do Rio d'Oiro (queria eliminar o email e não o comentário). Terei todo o gosto em publicá-lo se mo enviar de novo.

RioD'oiro disse...

Ohhh, :)

Acho que dizia que o gregos vão precisar de vários alfabetos para terem fornecimento suficiente de letras para planos.

Chapelada veraneante porque, de política, connosco, quase só chispas.

A minha disposição anda por estas linhas,

http://fiel-inimigo.blogspot.com/2011/06/nigel-farage-meets-press-after-euro.html

com molho de varina como o JLS calculará.

on disse...

Caro José Luís Sarmento,
estamos a ser roubados impunemente por uma corja que devia estar na prisão.

Dito isto, qul é o plano B dos manifestantes? Esqueça o C o D o alfa e o omega, diga-me só o B.
È que eu não sei qual é o plando deles.

Até lhe posso dizer qual seria o meu. Mas isso é outra história...