...............................................................................................................................................

The aim of life is appreciation; there is no sense in not appreciating things; and there is no sense in having more of them if you have less appreciation of them.


..........................................................................................................Gilbert Keith Chesterton
....................................................................................................................................................

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

As minhas pinturas

Lápis de cor e pastel seco sobre papel castanho. Uma das razões por que tenho andado ausente. A outra é um certo desânimo, uma certa anomia.

9 comentários:

Rui Ferreira disse...

Tudo Boas Razões.
Como compreendo.

donatien alphonse françois disse...

Fazes bem...Estás o usar Canson mi-teintes? Há um papel emconta para pastel,Guarro, pelo menos era...
Abraço
[e todos os pretextos são bons para evocar a mulher...]

JOSÉ LUIZ SARMENTO disse...

Nesta pintura usei o Canson mi-teintes. Numa próxima vez que use o pastel seco vou experimentar o Boxart da Fabriano, que é menos texturado e permite pormenorizar mais o desenho. Além disso a cor não é homogémea, tem uns laivos ligeiros dos quais espero tirar efeito.
Quanto custa o Guarro? O Boxart é a 0,94 € por folha.

JOSÉ LUIZ SARMENTO disse...

P.s.: Em tempos usei o Ingres, mas julgo que já não se encontra no mercado.

M.P. disse...

Quem me dera conseguir um "centésimo" do que está aqui!

francisco oneto disse...

Caro José Luiz Sarmento, tem-se sentido a falta da sua prosa lúcida e inspiradora... Já acabou de digerir o tal livrinho do comité invisível? Uma decepção ou nem por isso?
Saudações Cordiais

RioD'oiro disse...

http://fiel-inimigo.blogspot.com/2011/02/por-jose-luis-sarmento.html

com chapelada.

Ramiro Marques disse...

Boas razões para a ausência. Mas a prosa também faz falta.

donatien alphonse françois disse...

Desculpa não ter respondido...Há bastante tempo que não compro papéis desses,mas com a Galiza aí tão perto...as diferenças de preço e variedade valem uma ida...